Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Basta de hipocrisias!

01 outubro 2010

Os jovens Especialistas de Medicina Geral e Familiar estão fartos de sorrisos e de pancadinhas nas costas.


Arduamente conquistado o Grau de Assistente, submetem-se a um processo de recrutamento para colocação num dos muitos locais gravemente carenciados em Médicos de Família das várias ARS, IP.


Como tal estão subordinados ao regime de trabalho de 35 horas semanais das leis gerais que regulam a feitura de contratos de trabalho no RCTFP (Lei 59/2008 e DL 177/2009), quando muito a um CIT em regime de 40 horas semanais se estiver em causa uma ULS, EPE (CT).


Os Sindicatos Médicos abriram a porta, nos Acordos Colectivos de Trabalho celebrados em 2009 com o Ministério da Saúde, para um regime de trabalho de 40 horas semanais desde que instituida uma nova e digna grelha salarial para esse regime laboral.


Até agora, passado quase um ano e com a desculpa da crise, da parte do Ministério da Saúde e do Ministério das Finanças, nada de palpável tem sido proposto... Sem grelha salarial nada de regime de 40 horas semanais... e aos novos Especialistas em MGF resta um contrato laboral em que as condições financeiras são até inferiores às dos Internato!


Pasme-se!!!! Será que é assim que se quer salvaguardar o SNS?
Ou é assim que se empurra estes médicos, de uma especialidade unanimemente reconhecida como carenciada e vitima de um processo acelerado de aposentações antecipadas, para o sector privado melhor (por enquanto...) pagante?


Faltam Médicos de Familia, não faltam? Mas não só não existe qualquer mecanismo de diferenciação positiva que atraia os licenciados em Medicina para esta Especialidade, como as especificidades face à lei geral não são precavidas…


Honra seja feita e homenagem seja prestada aos actuais Médicos de Família, na sua maioria bem entrados nos cinquenta e muitos, que vão mantendo o barco a navegar… até quando?

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio