Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Insustentável Incompetência

01 setembro 2011

O Sr. Presidente do Conselho de Administração do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira, Dr. António Almada Cardoso, com o extraordinário curriculum de ser primo de Alberto João Jardim, serve-se da revista Talento, luxuosa edição do Sesaram, paga por todos nós, para pavonear obra da Saúde na Região, para desancar no SIM, na Ordem dos Médicos e noutros cubanos, esquerdistas e maçons.

Tragicamente, em simultâneo, o Ministro das Finanças utiliza a palavra insustentável para definir o desmando financeiro na Madeira para o qual contribui, em larguíssima escala, o Sesaram.

A troika, mais de fazer do que falar, acaba com a brincadeira e chama a orientação financeira do Sesaram a terceiros.

O insustentável incompetente tem a lata de liderar uma equipa que se orgulha de obra feita.

A verdade é que a maior visibilidade da obra é o aumento do buraco em mais umas centenas de milhões de euros desde que esta equipa pegou no Conselho de Administração.

Os portugueses, todos, vão ser chamados a pagar muitos desmandos e muita asneira. A Madeira tem uma quota parte muito importante. Mas, muito mais grave, é que mantém-se insolentemente palavrosa, atacando tudo e todos e esquecendo o essencial: a insustentável incompetência de quem está no Governo Regional, de quem o lidera e de quem lhe executa as políticas a nível de empresas públicas.

Esta insustentável incompetência deveria dar cadeia. Não dará porque a democracia não penaliza quem dela se serve. Mas, ao menos, poderia dar azo a mudança política. Por fim à insustentável incompetência é por fim a um regime podre.

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio