Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

As pequenas histórias

16 setembro 2011

Ontem o SNS deu mais um passo na sua plena maturidade.

Os seus 32 anos são um caso de sucesso e, não devemos esquecer, o único serviço público que compara com qualquer a nível mundial.

O SNS é feito de esforço, de empenho e de orgulho.

Para nosso bem devemos investir no seu futuro, provocando profunda reforma que lhe acrescente sustentabilidade e transparência.

Quando os foguetes estalavam, Simedicos soube que a extensão de Saúde de Vilar Formoso, Centro de Saúde de Almeida, Unidade Local de Saúde da Guarda, EPE, somava o seu sétimo dia de apagão, vendo-se os médicos impedidos de prescrever por via electrónica ou, mais grave, de conseguir efectuar qualquer marcação de consulta por via do Alert.

No mesmo apagão se foi a net e o fax.

Assim, honrando o SNS, os médicos têm recorrido aos seus telefones e contactos pessoais para minimizar os danos para os doentes.

Paulo Macedo, bem conhecido pela sua espectacular reforma na cobrança de impostos e de relacionamento fácil com a máquina fiscal, bem precisa de perceber que a rede informática que está acoplada ao Ministério da Saúde é obsoleta e não tem largura de banda que suporte a informação que lhe está, e vai ser, requerida.

A reforma nos CSP tem pés de barro também a este nível.

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio