Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

MP investiga: malformações não detetadas nas ecografias

29 novembro 2011

O Ministério Público está a investigar o caso de uma criança que nasceu com múltiplas malformações físicas e mentais, inclusivamente sem queixo e com as pernas ao contrário, alegadamente sem o obstetra ter detetado as deficiências nas ecografias.

A menina nasceu em janeiro deste ano, no Hospital Amadora-Sintra. A mãe, Laura, foi seguida durante a gestação no Centro de Saúde da Amadora, mas as ecografias foram realizadas na clínica Rui Machado - Centro de Imagiologia da Amadora, com o qual a instituição pública tem um protocolo.

"As ecografias eram muito rápidas e eram feitas em minutos", contou Laura à agência Lusa, acrescentando que nunca lhe disseram para fazer a ecografia morfológica, recomendada por volta das 22 semanas para estudar detalhadamente a estrutura fetal.

Os exames foram feitos na clínica privada pelo médico Artur Carvalho e depois vistas pelo médico de medicina familiar do centro de saúde.

"O médico [do centro de saúde] nunca identificou nada. Só olhava para os relatórios e dizia que estava tudo normal", afirmou.

notícia completa

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio