Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Responsabilidade pessoal - artigo opinião no FB

29 fevereiro 2012

O colega Noel Carrilho, médico no Hospital S. Teotónio - Viseu, escreveu o que se segue no Facebook. Permitimo-nos reproduzir a sua opinião, intitulada RESPONSABILIDADE PESSOAL, com um agradecimento pela sua postura: Há um aspecto deveras importante que foi bastante sublinhado na RGM de Coimbra e suponho que em todas as outras: A importância fulcral da atitude PESSOAL na luta pelos direitos dos médicos. Os Sindicatos recebem pouquíssimas queixas e a Ordem idem. Estas estruturas têm de ser mandatadas pelos seus membros para poderem agir. Não podem actuar com base em desabafos no facebo...ok...
Amigos. Quem cala consente! A primeira pessoa que tem de agir sou EU.
Se não me deixam gozar as folgas ou me querem aumentar ilegalmente a lista de utentes, então EU queixo-me ao meu Sindicato; se me querem obrigar a trabalhar em condições que prejudicam o doente, então EU denuncio à minha Ordem; Se não me põem papel higiénico na casa de banho então EU recuso-me a trabalhar nessas condições. Esta responsabilidade é inalienável.
Há aqui várias pessoas que podem já dizer com orgulho que fazem parte do grupo EU FAÇO: os que apresentaram minutas pessoais a recusar horas extraordinárias ilegais... os que perdem o seu tempo livre para falar com parlamentares e organizar RGM´s... os que se candidatam e participam em estruturas de representação médica... os que dão a cara na denúncia dos seus problemas aos sindicatos ou à Ordem... todos os que participam sem medo nas formas de luta, etc... Parecendo muito, ainda são muito poucos. Todos temos que passar para o lado do eu faço para o resultado final ser NÓS CONSEGUIMOS.
Deixo aqui o desafio a todos quantos se sentiram motivados nas RGM a participar mais pessoalmente nesta luta. Gostaria de ver nos comentários abaixo aquilo que pretendem fazer, denunciar ou alertar publicamente, para que as situações de que se queixam não se perpetuem.

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio