Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Começa o jogo sujo

05 junho 2012

A coisa é clássica e nem a Zun Tsu escapou.

Quando o inimigo (leia-se os médicos) se mexe, se movimenta e se organiza para a luta, nada mais eficaz do que divulgar quanto ganham, como se corrompem, como viajam, como medicam e como investigam.

Hoje, qual Big Ben, bateu certinho. 

O País escaqueirado, desempregado, faminto e falido e o Jornal da Noite da RTP 1 lança, como 1ª notícia, um médico que faz abortos no Hospital de Torres Vedras e como 2ª notícia a massa dos dentes das crianças da Casa Pia.

Tudo certo, tudo normal.

Só que a contra-informação do Ministro falhou num pequeno pormenor.

É que o colega aparentemente "apanhado" a fazer abortos ilegais e clandestinos na Urgência do Hospital de Torres Vedras (ressalve-se que se exige pena exemplar ao desmando) é um biscateiro, um médico que não pertence ao quadro do Hospital e que não responde por hierarquia, não está na Carreira Médica, não forma, não se integra em equipa, não nada.

Ora é justamente contra esta situação que os médicos, através dos seus representantes, Sindicatos e Ordem, têm o dever de lutar.

É que se a obsessão do Ministro é o SNS (arrisco-me a dizer que Paulo Macedo não tem médico de família e não conhece outro circuito que não seja a Médis) bem se compreeende que pretenda acabar com ele, transformando-o num estaleiro de estiva de médicos ao biscate.

O Ministro quer milhares de biscateiros como médicos no SNS.

Nós queremos o SNS com médicos que lhe vistam a camisola e que esta não tenha patrocínio.

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio