Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Os ratos que a montanha pare...

26 junho 2012

Já sabíamos que a sargentagem da João Crisóstomo iria tentar fazer jogo sujo (com a colaboração de prestimosos escrevinhadores e comentadores da nossa praça) mal os médicos dissessem "basta!" e passassem a acções de maior visibilidade contestária...

Primeiro foi o Ginecologista de Torres Vedras, que afinal não estava integrado nas Carreiras Médicas e era biscateiro a recibos verdes e viu cancelada a prestação de serviços.

Agora são os médicos do Centro de Saúde de Cabeceiras de Basto que emprestam a sua condição profissional a bombásticos titulos jornalisticos de 1ª página.

Mas porque é que a Comunicação Social não se deu ao trabalho de fazer uma investigação relâmpago no local e ficar a saber (e informar os seus leitores) que um deles é uma médica brasileira, Dra. M (o nome não interessa) indiferenciada, a recibo verde, contratada pela ARS para substituir os verdadeiros médicos de familia que o MS não coloca. Portanto uma "mercenária".

O outro é um médico que apenas faz clínica privada numa das clínicas do concelho. NENHUM DESTES DOIS É MÉDICO DA CARREIRA DO SNS embora trabalhem para ele, seja directa seja indirectamente, e com o apoio ou beneplácito do MS.

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio