Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Madeira - Bordeleiro fugido à Justiça

20 julho 2012

Foi publicado em DR o Aviso (extracto) 12/2012/M contendo uma notificação da decisão de um processo disciplinar ao médico Ortopedista João Marcelino Gomes de Andrade, por não ter sido possível a notificação pessoal e se ter frustrado a notificação por carta registrada com aviso de recepção, de uma pena de suspensão por 90 dias.

Recorde-se que este médico ficou tristemente conhecido aquando da greve dos Médicos Ortopedistas, enquanto porta voz do SESARAM, pelas suas declarações comparando o serviço de saúde da Madeira a um bordel...

Mas o "Bordeleiro", como passou a ser conhecido, foi alvo (à semelhança de todos os Ortopedistas e respectivo Serviço) de um inquérito da IGAS... e nele a única irregularidade que se apurou foi exactamente a do médico "bordeleiro", que tinha recebido indevidamente milhares de euros de remunerações...

Consta-se que as cartas registadas terão de ser agora enviadas para algures em África, refúgio do inacessível "bordeleiro".

Horas ExtraCalculadora

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio