Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Realidade, virtual ou imaginário?

11 outubro 2012

Nos tempos difíceis que correm e que se perspectivam, cai bem um pouco de humor...

Assim comunicava um médico nosso associado a propósito desses tempos e daquilo a que os médicos estão sujeitos...

Diálogo imaginário no final da reunião de ontem do conselho de Ministros para discussão do orçamento: 

Passos: “Bem, meus senhores está tudo assente em relação ao Orçamento? Vamos lá a despachar que tenho de ir a um concerto com a minha mulher e aproveitar para afinar a voz. Já agora Paulo (Macedo) como é que vão as coisas com os sindicatos médicos?”

Paulo Macedo: “Bem, não tem sido fácil, eles têm sido duros a negociar, mas penso que vamos conseguir um acordo…”

Passos: “Excelente! Estamos a precisar de boas notícias… Falta acertar muita coisa?”

Paulo Macedo: “Penso que não. O Leal (da Costa) tinha-me dito que eles eram desunidos, mas surpreenderam-me com a força e coesão que demonstraram na greve, apesar de todas as notícias que demos aos nossos amigos na imprensa para os denegrir…”.

Gaspar: “Já sabem que não podemos ser flexíveis com ninguém…”

Paulo Macedo: “Pois, mas também não nos interessa mais greves e alguma coisa temos de ceder. Esta proposta de HE que lhes demos se eles aceitarem é espectacular, torna os médicos a classe profissional que mais vai contribuir para o Orçamento…”

Passos: “Antes eles que nós. Paulo, (Portas) a tua malta vai ficar mais calma?”

Paulo Portas: “Penso que sim. Desde que nos deixem dizer que conseguimos influenciar algumas das medidas para mitigar a despesa e estimular a economia…”

Passos: “Bem temos dar uma fachada de unidade. Vamos lá acabar isto que tenho uma remodelação, peço desculpa, uma comunicação para fazer….”

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio