Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Ministério da Saúde em crise dissociativa

10 agosto 2017
Ministério da Saúde em crise dissociativa
Repescando as declarações do Sr. Ministro da Saúde à Comunicação Social aquando da greve médica de maio e confrontando-as com a sua última contraproposta, e como a personagem de Gepeto é mera fábula, receamos que na Av João Crisóstomo sofram de uma preocupante desordem dissociativa.

Ora veja-se:

Expresso: Ministro da Saúde admite que muitas reivindicações dos médicos são legítimas
11 de maio de 2017

«O ministro da Saúde admitiu esta quinta-feira que as reivindicações que levaram à greve nacional dos médicos são quase todas "muito legitimas" e quer estabelecer com os sindicatos um calendário negocial alargado até final da legislatura.

No segundo e último dia de greve de médicos, que se hoje se cumpre, o ministro Adalberto Campos Fernandes foi ao jornal nacional da TVI afirmar que o Governo está disponível para continuar a trabalhar já na próxima semana com os sindicatos.

O ministro assume que a esmagadora maioria das revindicações sindicais são legítimas, lembrando que nos últimos anos a Saúde foi um sector "muito fustigado".

Adalberto Campos Fernandes afirmou que "há espaço em termos de faseamento no tempo" para acolher as propostas dos dois sindicatos que convocaram a paralisação, estimando que o calendário das negociações possa estar encerrado em setembro
Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio