Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

SIM Alentejo alerta presidente do CA da ULSNA para pontos de atrito

20 setembro 2017
SIM Alentejo alerta presidente do CA da ULSNA para pontos de atrito
O SIM Alentejo oficiou o Sr. Presidente do CA da ULSNA para graves irregularidades e prepotências exercidas sobre os médicos da UCSP Nisa, com pedido de intervenção corretora, ao mesmo tempo que deu conta pública através de Nota de Imprensa sobre a insatisfação e desmotivação provocada pela imposição unilateral de redução das horas não assistenciais, algo que terá inevitável repercussão, entre outras, sobre a disponibilidade dos seus Médicos de Família para a orientação de médicos internos. A situação é ainda agravada pela pretensão de alocar todo esse horário não assistencial a um dia fixo da semana e à mesma hora, e na sede da ULS, para todos os médicos e para todas as unidades funcionais, obrigando os médicos a percorrer largas e largas dezenas de quilómetros.

Registe-se que todas estas medidas não foram antecedidas por qualquer contacto com delegados ou dirigentes sindicais locais, o que muito se estranha e não pode deixar de ser verberado.

O SIM acredita que o Sr. Presidente da ULSNA enveredará pela via do diálogo e usará do bom senso que se lhe espera.

Igualmente através de Nota de Imprensa o SIM Alentejo congratulou-se com a resolução a contento das condições de trabalho no Hospital Dr. José Maria Grande - Portalegre, nomeadamente nos Gabinetes de Atendimento Geral / Especialidade no Serviço de Urgência (que de um modo geral apresentavam temperaturas muito superiores às permitidas por lei para o exercício da Medicina, por falência do sistema de ar condicionado), isto no seguimento da denúncia reportada pelo Sindicato Independente dos Médicos, no dia 16/06/2017, à Autoridade para as Condições de Trabalho. 

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio