Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

As Tábuas de Adalberto

14 novembro 2017
As Tábuas de Adalberto
«Ministério da Saúde vai divulgar 10 mandamentos da cibersegurança junto de médicos e enfermeiros.

Com uma linguagem simples mas com regras importantes para a segurança dos sistemas de informação, o ministério quer que os profissionais da saúde protejam mais os seus computadores e a privacidade dos utentes.

As regras da cibersegurança vão ser distribuídas em formato de folheto ou autocolante e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde vão imprimir 10 mil cópias, que serão distribuídas por médicos e enfermeiros, mas também por outros profissionais da saúde, e que podem ser colados ao ecrã do computador para serem sempre visíveis.»


Isto é o que a máquina de propaganda do Ministério da Saúde apregoa... de um ministro que mora em Marte...

Os computadores do Centro de Saúde estão bloqueados, para qualquer alteração, atualização, instalação, ou o que quer que seja... Desde há muito...

O browser está desatualizado e não suporta, sequer, a leitura normal do Gmail. Os pdf's demoram eternidades a abrir e são de uma versão quase só conhecida dos arqueólogos. O antivírus é aquele que a Administração instalou, sem possibilidade de alteração, atualização ou intervenção.

De repente somos confrontados com os "10 mandamentos” do sr. Ministro da Saúde para a "cibersegurança”...

Se não posso mexer um bit do meu terminal, os "mandamentos” servem para quê?!

Para continuar a arengar ao povo ingénuo... Para ocultar o que (não) se faz na Saúde, enquanto se mantêm as políticas de destruição do SNS?

Mas o SIM quer ajudar... e como tal propõe-lhe os novos 10 mandamentos do Ministério da Saúde:
  • Não introduzirás milhares de softwares, de amigos ou de boys na gestão.
  • Não deixarás o SNS bloqueado por falta de verbas.
  • Não esquecerás os backups e apostarás na previsão a longo prazo.
  • Não esquecerás quem são os doentes para os quais trabalhas.
  • Não cobiçarás o dinheiro alheio e pagarás as dívidas.
  • Assumirás o papel de melhor linha de defesa a favor dos doentes e do SNS.
  • Não desejarás empurrar para fora médicos e listas de espera.
  • Não partilharás com o ministro das finanças a gestão do ministério da saúde.
  • Amarás os doentes e os profissionais de saúde sobre todas as coisas.
  • Não procrastinarás as atualizações de carreiras ou de ordenados, mesmo aos domingos e feriados.
Aproveite Sr. Ministro, aproveite que é de neutralidade orçamental...
Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio