Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

ARSLVT e a mudança de tempos e de vontades

29 dezembro 2017
ARSLVT e a mudança de tempos e de vontades
Longe vão os tempos em que o novel presidente Dr. Luís Pisco (finalmente tendo deixado as bordas do poder e numa escalada de responsabilidades natural), era presidente da APMCG e líder da reforma dos CSP através das MCSP.

A propósito de um esperado aumento da actividade gripal, em declarações à agência Lusa o recém-nomeado presidente da ARS-LVT, avançou com as medidas previstas pela instituição.

Para além de serem alargados os horários de alguns centros de saúde, entre as 20:00 e as 22:00, outra medida prevista para o período da gripe será o adiamento das consultas programadas.

"Não faz sentido termos uma sala de espera cheia de doentes com gripe e estarmos a chamar diabéticos ou grávidas ou pessoas para fazer consultas nesse período de tempo", disse.

"Algumas dessas consultas programadas vão ser transformadas em consultas de agudos", referiu Luís Pisco, esclarecendo que os doentes afetados serão avisados atempadamente.

Espantoso, ainda por cima dito por quem foi, este evidente atropelo à essência da Medicina Geral e Familiar...

Para Luís Pisco "chamar grávidas" não tem interesse nenhum. Até porque, por exemplo, quando têm um rastreio combinado positivo, que interesse tem isso? Que interesse tem para o Médico de Família poder acompanhar as dúvidas da sua grávida? Ou que interesse tem ver uma glicose em jejum no 1ºT de 98? Não tem interesse nenhum certamente.

Já quanto aos diabéticos, que interesse tem fazer consulta a um diabético de 70 anos, com múltiplas patologias, que podem incluir para além de DM com HbA1c fora do alvo, diagnósticos como HTA, DPOC, SAOS, tabagismo ativo, dislipidemia, depressão e antecedentes de pólipos do cólon, em particular quando essa é uma das duas consultas anuais, marcadas com seis meses de intervalo precisamente pelo facto de 1900 utentes utilizadores não permitirem consultas programadas mais frequentes?

Mas entretanto os profissionais e as Unidades continuam a ser avaliados por indicadores que penalizam as tais consultas que NÃO vão fazer!

Shame, Dr. Luís Pisco... Até o outro Luís, ficaria estarrecido com este mudar de tempos e de vontades.
Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio