Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Ministro da Saúde mentiu no Parlamento

12 janeiro 2018
Ministro da Saúde mentiu no Parlamento
Declarações do Ministro da Saúde no Parlamento sobre a ausência de concurso para a colocação dos 700 médicos recém-especialistas:

"É bom que os portugueses percebam que esses médicos estão todos a trabalhar, são internos de especialidade que terminaram a sua especialidade e estão a trabalhar. Falta tomar posse enquanto especialistas na posição remuneratório adequada".

O Ministro da Saúde decidiu mentir e manipular a informação.

Em primeiro lugar porque disse que estão todos a trabalhar. São vários os médicos recém-especialistas que desistiram de esperar e saíram para o privado.

Em segundo lugar, não "falta apenas tomar posse enquanto especialistas". O Ministro da Saúde sugeriu assim que os médicos recém-especialistas estão já nos hospitais e falta apenas tomar posse, quando na verdade, os que ainda estão no SNS, estão nos hospitais do internato, faltando a colocação nos hospitais em que venha a haver vagas no concurso.

Note-se que isto acontece já depois de o ministro da saúde ter transmitido informações falsas ao Primeiro-Ministro, ao informar que abriram 23 Unidades de Saúde Familiar em 2017, quando abriram apenas cinco.

Partilhar

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio