Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Público: BE quer concursos para jovens médicos abertos 30 dias depois do fim da formação

18 janeiro 2018
Público: BE quer concursos para jovens médicos abertos 30 dias depois do fim da formação
O Bloco de Esquerda (BE) quer que passe a ser obrigatória a abertura de concursos para a colocação de recém-especialistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS) até 30 dias depois da conclusão do internato. O objetivo do projeto de resolução, que é entregue nesta quinta-feira no Parlamento, é evitar atrasos na contratação de jovens médicos, à semelhança do que está a acontecer com os cerca de 700 especialistas que terminaram a formação em abril de 2017 e que ainda esperam pelo lançamento do concurso.

Este atraso, segundo as contas dos sindicatos médicos, já terá levado a que 200 recém-especialistas tenham abandonado o SNS para trabalhar no privado ou no estrangeiro. Também o bastonário dos médicos, Miguel Guimarães, classificou o atraso de "inadmissível” e uma "vergonha nacional”.

"O Governo não tem feito nada para agilizar os concursos. Tendo em conta que se sabe quando a formação termina e que há uma previsão muito fina de quantos médicos terminam o internato e quais as necessidades do SNS, um prazo de 30 dias é mais do que razoável para se abrir um concurso”, afirma o deputado bloquista Moisés Ferreira. E acrescenta: "É preciso tornar os concursos mais céleres e, por isso, propomos que seja obrigatório que sejam lançados até 30 dias após o fim da especialidade.” Ou seja, em maio e em novembro.

Ler artigo completo em Público.

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio