Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

SIM Alentejo alerta para carências do Litoral Alentejano

26 junho 2018
SIM Alentejo alerta para carências do Litoral Alentejano
Aos vinte e cinco dias do mês de junho de 2018, às 18h00, teve lugar na sede da Delegação do Alentejo do Sindicato Independente dos Médicos, uma reunião entre o SIM Alentejo e a Comissão de Saúde da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém, com a presença de Paula Lopes (CDU), Francisco Rodrigues (PSD/CDS), Teresa Alves (CDU) e Tiago Silva (PS), por parte da comissão, e pelo SIM, o Secretário Regional Armindo Ribeiro e pelo membro do Secretariado Regional, Manuel Pires, sob o assunto do progressivo agravamento da situação dos Cuidados de Saúde no Município de Santiago do Cacém e em todo o Litoral Alentejano e que teve a seguinte ordem de trabalho:

- Falta de médicos na região do Litoral Alentejano e com as consequências inerentes a esta situação;

- Escassas políticas de incentivos à fixação de médicos no Litoral Alentejano, motivando a sua carência na região;

- Atrasos consecutivos da abertura de concursos para a contratação de médicos especialistas e de progressão na carreira médica;

- Obstáculos burocráticos no decorrer do processo contratual dos médicos, a nível local e Central;

- Dificuldade de comunicação entre o Conselho de Administração e as Chefias Intermédias;

- Descontentamento geral dos médicos com as condições laborais para prestação dos cuidados médicos;

- Falta de integração dos profissionais de saúde nos processos de melhoria contínua dos cuidados de saúde na ULSLA;

- Dificuldades na gestão e prestação dos cuidados de saúde a nível do Serviço de Urgência Geral e Pediátrica;

- A presença de profissionais de saúde não diferenciados ao nível dos cuidados de saúde primários e hospitalares, dando uma visão enganadora à população sobre a segurança, eficácia e eficiência dos cuidados prestados, não permitindo assim uma visão real e objetiva da carência de médicos especialistas na região.

Após discussão dos assuntos acima mencionados o SIM Alentejo e a Comissão de Saúde da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém irão tomar as diligências necessárias para que seja possível combater as carências dos cuidados de saúde no Litoral Alentejano, assim como minimizar as dificuldades das condições laborais dos médicos.

Grândola, 25 de Junho de 2018

O Secretário Regional do SIM/Alentejo

Armindo Sousa Ribeiro
Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio