Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Comunicação aos associados da Madeira

06 outubro 2016

Após deslocação do Secretário-Geral ao Funchal, fazemos o ponto da situação no âmbito dos problemas mais urgentes dos médicos na Região Autónoma da Madeira.

No final de Setembro decorreu a terceira reunião negocial das "normas de organização e disciplina do trabalho médico" aprofundando a contratação colectiva e a tentativa de ultrapassar muitos dos pontos de negociação com as entidades gestoras.

Por parte do Governo há abertura para a revogação da lei da Assembleia Legislativa Regional, que regula o pagamento do trabalho suplementar, como propôs o SIM.

Quanto ao pagamento do trabalho suplementar a 100%, há o compromisso do Governo em iniciar reversão que será evidenciada no próximo Orçamento para a Região, para o qual, não será indiferente a decisão do Governo da República; Não esquecer contudo, a necessidade de incentivos para a fixação de profissionais numa região insular periférica como é o caso das ilhas da Madeira e Porto Santo e de renovação de quadros de especialistas de modo a poder manter os cuidados médicos diferenciados no serviço público regional.

O SIM manifesta preocupação quanto aos sinais de adiamento do lançamento do novo hospital, apesar do consenso político e técnico que suscita e tudo irá fazer para a concretização dessa promessa repetidamente efectuada.
 
O Secretário-Geral
Jorge Roque da Cunha

A Secretária-Regional
Fátima Alves



Comunicação aos associados da Madeira




Partilhar

Tags

Últimos Concursos Ver Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio