Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Taxímetro nos Serviços de Urgência

07 janeiro 2017
Taxímetro nos Serviços de Urgência

Num momento de grande pressão nas urgências, o Ministério da Saúde faz o habitual. Um passe de mágica, a fuga para a frente e agora uma ideia candidata ao Prémio Nobel, o taxímetro nos Serviços de Urgência!

Ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde persiste na política de pagar a empresas cinco vezes mais do que paga aos médicos do quadro do Serviço Nacional de Saúde, mantendo o corte de 50% na remuneração das horas extra.

Ao invés de propor mudanças estruturais de organização, ao invés de negociar equipas dedicadas nos Serviços de Urgência, propostas pelo SIM há mais de um ano, ao invés de ter políticas ativas de manutenção dos profissionais no Serviço Nacional de Saúde contrariando as saídas e os concursos desertos sem nada fazer, ao invés de responder aos sindicatos, decide criar incentivos à rapidez, num contexto de grande pressão laboral sem cuidar de se recordar do adágio de que depressa e bem...

Trata-se de uma medida desadequada que coloca em risco os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência. Não é demais recordar que as unidades de saúde não são unidades fabris e que o foco do seu trabalho são pessoas.

O SIM exige negociação séria no âmbito da contratação coletiva da organização dos Serviços de Urgência de forma também a regular as muitas experiências de equipas dedicadas que existem no país.

Partilhar

Tags

Últimos Concursos Ver Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio