Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Trabalho árduo para os presidentes dos Conselhos Clínicos

28 setembro 2011

Invocando o sacrossanto Memorando de Entendimento e a Santíssima Troika, eis que o Despacho 12950/2011 do Sr. SES determina que, até ao ultimo dia de cada mês, as ARS devem enviar aos presidentes dos Conselhos Clínicos dos ACeS um relatório por cada médico prescritor (medicamentos), devendo por sua vez os presidentes dos Conselhos Clínicos garantir a sua discussão com os implicados.

Criteriosamente, o Despacho enuncia os indicadores mínimos que devem ser contemplados nesse relatório.

Grande canseira se espera para os presidentes dos Conselhos Clínicos, que terão de preventivamente fazer um estudo individualizado das listas de utentes de cada médico, quantitativo (e tambem por escalão etário e sexo) e qualitativo (patologias e respectiva prevalência e morbilidade, agudas e crónicas), e bem assim dos mesmos dados relativos aos utentes sem médico de familia consumidores de fármacos e de consultas. Mesmo que esses indicadores não constem do Despacho, por esquecimento ou pela sua complexidade tecnica e extensão.

Mais uma vez se alerta para a indispensabilidade de registos clínicos completos, nem que para tal seja necessario diminuir ao quantitativo de actos médicos praticados no horário de trabalho diário

Link Despacho

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio