Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Solidariedade com profissionais da saúde na RAM

13 novembro 2013

O SIM manifesta-se indignado com a “perturbação laboral” imposta a Enfermeiros e Auxiliares de Acção Médica, com turnos que terminam e se iniciam às 24h, com danos inegáveis, na vida pessoal, familiar e laboral dos profissionais atingidos.
O “quero posso e mando”, dos decisores do SESARAM, em roda livre, atingem profissionais, que com sacrifício pessoal e medo aguentam uma situação que viola claramente todas as regras de conduta e urbanidade e de respeito pelos outros que se exige a dirigentes, e decisores de qualquer área de trabalho, com maior relevância na área da saúde.
Todos sabemos que qualquer mudança de horário laboral deve ter em conta a avaliação dos equilíbrios sociais, a concertação e a avaliação dos prejuízos sérios para os profissionais.
Afirmar que os problemas laborais e profissionais não se tocam, é ter a certeza de viver numa República das Bananas, onde a lei é a do mais forte e a impunidade é a lei vigente.
Queremos pois manifestar publicamente, a nossa solidariedade aos profissionais envolvidos, e a nossa profunda discordância dos métodos utilizados por quem deve gerir a saúde de todos.
É tempo de dizer BASTA. A sociedade Madeirense tem de acordar!

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio