Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

A manta bem curta do Amadora-Sintra

28 novembro 2014

Depois dos problemas na Imagiologia e na Nefrologia, que levaram à perda de idoneidade formativa, mais uma crise surge no Hospital Prof. Dr. Fernando da Fonseca/ Amadora-Sintra (HFF).

Para colmatar a crónica falta de médicos para uma resposta em tempo útil às solicitações do Serviço de Urgência, a Administração do HFF e o seu Director Clínico optaram por reconfigurar as escalas de Urgência, colocando os médicos de Medicina Interna a assegurar diariamente a urgência a partir das 08.00 horas, 24 horas/dia.

Se com isto conseguem suprir algumas falhas da Urgência, esqueceram-se que estão a desfalcar gravemente o serviço prestado aos doentes internados e em consulta externa, dado que os especialistas de Medicina Interna não podem estar, em simultâneo, a realizar duas tarefas.

Com esta medida é também prejudicada a formação dos Médicos Internos, porquanto internamento e consulta são fundamentais para a sua aprendizagem, além de que todo o processo de altas clínicas fica mais demorado.

Com a agravante de os responsáveis sectoriais da urgência não terem sido consultados, o que os levou à apresentação pública da demissão dessas funções.

Também os médicos internos de Medicina Interna, em gesto de protesto, deixaram de se disponibilizar a fazer mais horas de urgência do que o disposto no Regulamento do Internato, ie mais do que 12 horas semanais.

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio