Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi
aa

Sindicato Independente dos Médicos

Greve dos Médicos: agradecimento

15 maio 2017
Greve dos Médicos: agradecimento
Caro colega:

Quero agradecer a sua participação nesta greve!

Para além da adesão maciça, o seu impacto foi enorme e evidente quer nos meios de comunicação quer nos meios políticos, e no debate de atualidade no parlamento no dia 10 de maio todos os partidos tiveram a oportunidade de expressar a sua compreensão e apoio à nossa greve.

Apesar da tentativa de alguns, muito poucos, colegas, aqueles que criticam a nossa atuação mas não abdicam das conquistas que a luta sindical lhes proporciona, de denegrir a intervenção sindical junto das chefias, a verdade é que até os media se renderam aos nossos argumentos, e a eles se juntaram grandes organizações sindicais, diversas associações nacionais médicas e até de utentes e também personalidades de relevo dos mais variados sectores.

De facto, a união entre as duas estruturas sindicais médicas, o SIM e a FNAM, o apoio oficial da Ordem dos Médicos e as tomadas de posição solidária de importantes organizações sindicais vieram impedir que a nossa luta fosse isolada e denegrida como meramente corporativa junto da opinião pública.

Todo este processo de luta que culminou na greve, veio mostrar que os dirigentes sindicais médicos sabem gerir as naturais diferenças de opinião entre diferentes estruturas sindicais, colocando acima de tudo a defesa dos interesses dos médicos.

Nenhum outro setor profissional possui hoje esta unidade na ação que para ser conseguido dá trabalho e implica muita transparência de relacionamento entre as várias pessoas envolvidas.

Por outro lado, o debate na Assembleia da República e as declarações que ouvimos são uma séria advertência ao governo, para que responda com compromisso e seriedade nas negociações. Foi notório que os sindicatos tiveram muita paciência e elevado sentido de responsabilidade quando em mais e 500 dias tentaram chegar a acordo nas matérias em discussão.

E todos os médicos, e o colega em especial, poderão estar certos que iremos continuar a trabalhar com empenho e determinação para concretizar no futuro próximo as nossas legítimas expectativas. Nesse sentido as negociações e o reinício dos trabalhos estão já agendados para o dia 16 de maio.

Para sermos mais fortes apelo a que continue a apoiar a nossa luta, difundindo e partilhando com os colegas os nossos documentos, e que promova a sindicalização que pode ser feita através do nosso site pois só com expressão sindical e organização será possível levar a bom porto as negociações.

Porque, juntos conseguiremos!

Obrigado.

O Secretário-Geral do SIM

Partilhar

Tags

Últimos ConcursosVer Concursos

Torne-se sócio

Vantagens em ser sócio